Explicações Iniciais

Este site foi criado como forma dos alunos da Escola Villare compartilharem entre si as análises de documentos históricos e produções culturais feitas nas aulas de história do professor Leandro Villela de Azevedo. Para mais informações visite o site do professor: www.profleandro.com

sexta-feira, 19 de março de 2010

Análise da música “Que país é esse?” Legião Urbana (1978 a 1987)

Análise da música “Que país é esse?” Legião Urbana (1978 a 1987)

Essa musica só pôde ser lançada em 1987 após a ditadura, porque de 1978 até 1986 o governo não aprovou a música.

Letra:
Nas favelas, no senado
Sujeira pra todo lado
Ninguém respeita a constituição
Mas todos acreditam no futuro da nação

Que país é esse?
Que país é esse?
Que país é esse?

No Amazonas, no Araguaia, na Baixada fluminense
No Mato grosso, nas Gerais e no Nordeste tudo em paz
Na morte eu descanso mas o sangue anda solto
Manchando os papéis, documentos fiéis
Ao descanso do patrão

Que país é esse?
Que país é esse?
Que país é esse?
Que país é esse?

Terceiro Mundo se for
Piada no exterior
Mas o Brasil vai ficar rico
Vamos faturar um milhão
Quando vendermos todas as almas
Dos nossos índios num leilão.

Que país é esse?
Que país é esse?
Que país é esse?
Que país é esse?


Na letra diz que o senado é um lixo e uma corrupção, na mesma estrofe fala que não adianta nada ter leis e o governo não segui-las, mas mesmo assim a ditadura acredita que o Brasil terá um futuro digno.

3ª estrofe: Na primeira linha está dizendo sobre a Guerrilha do Araguaia onde a ditadura matou e deixou desaparecidas várias pessoas que protestavam contra o governo. Na segunda linha diz ironicamente que no Mato Grosso, em Minas Gerais e no Nordeste está tudo bem, ironicamente porque no Mato Grosso várias pessoas mortas e exiladas porque se expressaram contra o governo, no Nordeste negros e índios são expulsos de suas casas para a plantação de cana-de-açúcar, assim tem o movimento dos sem terra (MST). No resto da estrofe está falando que os comandantes do Brasil na ditadura só ficam descansando enquanto o país só sofre.

Na penúltima estrofe está dizendo que do jeito que o Brasil está não chega nem a terceiro mundo, e que só vai chegar a terceiro mundo se for piada. Ainda fala que o Brasil vai ficar muito rico, porém vai ficar rico quando o povo vender a própria alma para o governo, isto é, a nação sem cultura fica enriquecida

Um comentário:

  1. gostei , pois tirei nota boa no trabalho de historia
    vlw!!!!!!!!!!1

    ResponderExcluir